quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Linus é um menino de 4 anos!

Dia 5 de outubro Linus completou 4 anos. 4 anos, minha gente, como passa rápido. Quando eu tinha 14 anos 4 anos não passavam nunca, mas agora, passou que nem deu pra perceber esse tempo passar.

No dia mesmo, foi um dia comum, pro azar dele eu acordei com uma mega enxaqueca e a gata quis nos acordar as 5h30 da manhã, o que gerou um estresse e um surto da minha parte, pra prosseguirmos o sono na base da dipirona. E só muito mais tarde eu lembrei que era aniversário dele, coitado. Rs.

Tentamos passar o dia numa boa, com uma dose extra de paciência com ele e pizza no jantar, foi bem tranquilo, tentamos cantar parabéns pra ele e ele não deixou, acho que pra ele parabéns é só com bolo e brigadeiro!

Na quarta-feira, fizemos a festa toda. Do jeito que ele quis, onde ele quis e com quem ele quis. Sério, já não é mesmo um bebê, já tem amigos que ele chama pelo nome. Se antes as festas era mais nossas que dele, porque era só os nossos convidados, essa era só de convidado dele. Foi praticamente só a turma da escola e da natação, logo depois da aula, num playground que tem em um shopping aqui em Ubatuba, onde os amigos ele já haviam feito a festa deles antes.

Ele chegou na festa com sua coroa roxa feita na escola, tão feliz que parecia que ia chorar, me deu um abraço e foi brincar! E brincou quase a festa inteira, ele e os amigos todos. Teve bolo colorido com desenho de arco íris e o nome dele escrito com confeti. Teve brigadeiro de copinho e paçoquinha. Suco de uva, água e salgadinhos. E claro o parabéns, ele parecia travado tamanha a emoção na hora do parabéns. Assoprou as velinhas e pegou o primeiro pedaço do bolo pra ele.

Decoramos com o tema arco íris que ele pediu e muito papel crepom, tudo pra máxima cafonice! Mas até que ficou um charme!

Linus aos quatro anos já é um rapaz! Já dorme sem ma mãe, já dormiu só com o pai, com os avós, já passou quatro dias longe de mim, a turma dele já está começando um a dormir na casa do outro e logo menos é ele e eu tenho certeza que não terá crises! Que orgulho dele, ele que dava tanto trabalho pra dormir, agora já parece tão resolvido com o sono!

Ele já conversa, explica, lembra a gente de outros momentos e outras conversas, as conversas fazem sentido! Propõe assuntos, atividades e combinados.

Ainda tem um lado bebezão também, ainda não toma banho sozinho, ainda pede,pra dar comida, apesar de várias vezes comer sozinho. Ainda,precisa da gente pra amarrar os cadarços, mas já sabe fechar e abrir os botões.

E algumas coisas são muito claras, a gente sabe que não era fase. Ele é apegado as regras dele, as rotinas dele, coisas que só fazem sentido pra ele, mas se sai do plano, que sofrimento. E sim, ele sofre profundamente com muuuuuita coisa, não era fase, é dele mesmo, é nitidamente um sofredor, frustradíssimo, não lida bem com mudanças repentinas e quando os outros não seguem as regras dos adultos, ou as regras da cabeça dele. Flexibilidade emocional não é o forte desse menino.

E por ser assim, já vizualizo a dificuldade que ele vai ter na vida. Além de ser canhoto e um menino mega delicado, tinha que ser ofendido rs. Bom é que ele é determinado, justo e afetuoso. Ele sempre tenta apartar a briga dos amigos,manter a ordem nos espaços, muitas vezes leva a bronca junto porque geralmente as professoras ou cuidadores, ou quem seja que esteja por perto no meio de tanta coisa acontecendo, acham que ele está no meio da briga junto. Num geral, ele é um amor.

A vida social dele evoluiu absurdamente aqui em Ubatuba, a escola o recebeu muito bem, ele fez amizade com todas as crianças, eles são muito unidos, ele consegue se encontrar com a turma fora da escola. Eles tem assunto, sentem saudades, fazem festa quando se encontram! É muito bacana ver isso acontecer, é a grande novidade desse ano que passou. Antes, apesar de todo meu esforço, ele nunca conseguia ter amigos desse jeito, e estou muito feliz por ele.

Um comentário: